2018

Apartment

Benfica, Lisbon – Portugal

 

Authors

Atelier 106 / site

pt

O apartamento original apresentava uma estrutura característica da época com um longo corredor de distribuição para os diferentes espaços, bastante compartimentados. Os únicos requisitos do cliente consistiram em manter a tipologia T2 existente e respeitar o limite orçamental – um dos desafios do projecto.
O primeiro gesto que fazia sentido num apartamento com limitações de área, consistia em “dissolver” o longo corredor que marcava a organização espacial- funcionando como o esqueleto da casa- e conferir-lhe uma função.
Neste sentido, foram demolidas as paredes que delimitavam a sala e a cozinha – frente a frente-, a fim de prolongar o espaço, tanto espacial e material como visualmente. O resultado foi a transformação de três áreas separadas – sala de estar, corredor e cozinha -, em três zonas que comunicam entre si. A nova delimitação das áreas é criada através de dois grandes vãos de caixilharia em ferro que separam a sala de estar da sala de jantar e esta da cozinha, mantendo a ligação visual e acentuando a profundidade do espaço. Este desenho permite igualmente conferir maior luminosidade ao apartamento.
A continuidade é marcada, também, pelo pavimento da cozinha que se prolonga para a nova sala de jantar. O pavimento cerâmico, com medidas idênticas à do taco de madeira existente, integra-se perfeitamente neste, criando uma espécie de “tapete” que enquadra o espaço destinado à sala de jantar.
A instalação sanitária, com uma área generosa e desenho longitudinal, possuía uma disposição que não tirava partido das suas dimensões. Optou-se pela marcação deste desenho, através da clara divisão entre circulação e zona funcional.
O projecto resulta, assim, de uma ligação harmoniosa entre passado e presente, consequência da conservação de elementos típicos da época, conjugados com outros contemporâneos. Alguns móveis de cozinha foram recuperados, bem como a antiga chaminé que convive com a nova estrutura de móveis abertos em madeira.
A atenção dada ao pormenor foi um dos aspectos mais importantes, originando um projecto em que cada detalhe é importante no conjunto e contribui para a unidade do mesmo.

en

The original apartment had a characteristic structure of the time, with a long corridor for the distribution of the different spaces, quite compartmentalized.
The customer’s only requirements were to maintain the existing T2 typology and to respect the budget ceiling – one of the project’s challenges.
The first thing that made sense in an area-constrained apartment consisted of “dissolving” the long corridor that marked the spatial organization-functioning as the skeleton of the house-and giving it a function.
In this sense, the walls that delimited the living room and kitchen – face to face – were torn down in order to extend space, both spatially and materially, as well as visually. The result was the transformation of three separate areas – living room, corridor and kitchen – into three communicating areas.
The new delimitation of the areas is created through two large iron window openings that separate the living room from the dining room and the kitchen, maintaining the visual connection and accentuating the depth of space. This design also allows to give greater brightness to the apartment.
The continuity is also marked by the kitchen floor that extends to the new dining room. The ceramic floor, with the same dimensions as the existing wooden block, fits perfectly into this, creating a kind of “carpet” that fits the space intended for the dining room.
The sanitary installation, with a generous area and longitudinal design, had a layout that did not take advantage of the two dimensions.
It was decided to opt for this design, through the clear division between circulation and functional area.
The project results, therefore, in a harmonious connection between past and present, a consequence of the preservation of typical elements of the time, combined with other contemporary ones. Some kitchen furniture was recovered, as well as the old chimney that coexists with the new structure of open wooden furniture.
Attention to detail was one of the most important aspects, giving rise to a project in which each detail is important in the whole and contributes to its unity.